Jornais

Newsletter

cadastre-se para receber novidades

CAMPANHA SALARIAL 2018/2019 - NOSSA LUTA É COLETIVA

Publicado em: 2018-05-08

Trabalhador sozinho é presa fácil para a exploração desenfreada. Nada se conquista se não for com luta coletiva e através do Sindicato.

A cada ano existe a data-base das categorias de trabalhadores; a nossa dos trabalhadores em concessionárias é 1º de março, quando é discutido o reajuste salarial obrigatório, conforme determina o Art. 611 da Consolidação das Leis de Trabalho – CLT, horas-extras, benefícios, direitos sociais e sindicais.

O reajuste salarial anual é a garantia de um aumento de salário para todos os empregados com carteira assinada, para que possam ter suas remunerações adequadas a fatores econômicos, e não fiquem desatualizados diante da inflação.

Mobilização
Para que uma Campanha Salarial tenha sucesso é necessário que a categoria esteja mobilizada nos locais de trabalho, bem como atenda as convocatórias de reuniões e assembleias do Sindicato para avaliar a contraproposta patronal à nossa pauta de reivindicações; isso permite que as negociações ocorram de forma rápida e eficaz entre o Sindicato patronal e o Sindcon.

É preciso demonstrar nossa grau de insatisfação diante de reajustes salariais que não repõem nosso poder de compra em todas as áreas da economia; bem como não condizem com a necessidade para alimentar dignamente nossas famílias, basta ver a realidade dos preços altos aplicados nos mercados.

Unidade
Esse ano será necessário fortalecer, ainda mais, nossa unidade, pois com a deforma trabalhista do desgoverno Temer, os patrões vão vir com tudo contra nossos direitos garantidos na nossa Convenção Coletiva de Trabalho - CCT.

Portanto, temos que nos unir para enfrentá-los e certamente não abriremos mão de uma vírgula dos nossos direitos, como também não aceitaremos propostas aprovadas na reforma trabalhista, que retira direitos conquistados há décadas, sem mencionar diversas mudanças que ferem a Constituição Federal.

Atitudes antissindicais
Está na ordem do dia defender nossa CCT e nosso direito a sindicalização. As concessionárias de veículos da Bahia não se conformam com as ações judiciais vitoriosas do Sindcon, fruto de denúncias de desrespeito aos nossos direitos, e tentam a todo custo enfraquecer o nosso Sindicato praticando atitudes antissindicais, coagindo os trabalhadores e trabalhadoras a se desfilarem do Sindicato e a entregarem cartas padronizadas se negando a contribuir com a entidade.

Conheça os pontos de destaque da nossa pauta de reivindicações

- REAJUSTE SALARIAL
Percentual de 2% acima da infração. O INPC acumulado de 1º de março de 2017 a 30 de abril de 2018 é de 1.55 %

- BUSCAR GANHO REAL COMO NOS ÚLTIMOS ANOS

- AUX CRECHE

- PLANO DE SAÚDE

- REAJUSTE DO TICKET ALIMENTAÇÃO
Os tickets são variados por isso é preciso negociar os percentuais

MANTER AS CONQUISTAS COMO:
- Auxílio Alimentação
- Auxílio funeral
- Seguro de Acidentes
- Não trabalhar aos domingos e feriados nacionais

Fonte: Ascom